43 3422-4191     43 9 9974-2004

Lideranças conhecem espaço destinado ao parque tecnológico

Publicado: 22/05/20 às 11h07

Fonte: Prefeitura Apucarana - Foto: PMA

Uma comitiva liderada pelo prefeito de Apucarana, Junior da Femac, e o presidente da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), Washington Luiz da Silva, conheceu nesta quinta-feira (21/05) o local onde será implantado o Parque Tecnológico e de Inovação do Vale do Ivaí (Vale da Inovação). O espaço, com cerca de 10 mil metros quadrados, está localizado em área do antigo Instituto Brasileiro do Café (IBC), nas proximidades do Núcleo Habitacional Adriano Correia, na saída para Curitiba.

Também participaram da visita técnica Marcelo Ferreira da Silva, diretor-geral do campus de Apucarana da Universidade Tecnológica Federal (UTFPR), Jayme Leonel, presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Tiago Cunha, consultor do Sebrae, Carlos Mendes, superintendente do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) e Tiago Ribeiro, membro da governança do Projeto Conecta Apucarana.

Junior da Femac explica que o imóvel pertence à União, foi cedido ao Município e agora a Prefeitura está destinando o espaço para essa iniciativa. “Estamos repassando o prédio onde funcionava a administração da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que já possui salas adaptadas para esta finalidade com acesso a energia, água, internet e estacionamento. Além deste prédio, também estamos destinando uma área externa que soma cerca de 10 mil metros quadrados, onde poderão ser construídos módulos de trabalho pelas entidades que estão diretamente envolvidas neste processo”, pontua Junior da Femac.

A intenção, de acordo com o prefeito, é reunir num mesmo espaço estudantes, professores e empresários para que sejam desenvolvidas soluções tecnológicas. “Iniciaremos apostando nas vocações do Vale do Ivaí, como o agronegócio que abrange a fruticultura, hortaliças, produção de frangos, soja, milho e álcool, entre outras. Além disso, serão criadas inovações para o desenvolvimento da indústria do vestuário, construção civil e educação”, exemplifica o prefeito de Apucarana.

O presidente da Amuvi afirma que a instalação do Parque Tecnológico e de Inovação do Vale do Ivaí promoverá o desenvolvimento regional. “Iniciativas semelhantes no Paraná e em outras regiões do Brasil prosperaram. O Vale do Ivaí, especialmente os municípios menores, precisam de avanços tecnológicos para manter a população nestas cidades”, avalia Washington Luiz, prefeito de Kaloré e presidente da Amuvi.

Para Washington Luiz, a pandemia do coronavírus vai trazer diversas mudanças e os municípios precisam estar preparados para esse novo momento. “Depois da pandemia, certamente virão situações novas e nós teremos que estar focados e preparados para nos adaptar rapidamente. Nosso papel agora é conversar com os prefeitos da região para levar essa iniciativa adiante. Já temos o espaço e tenho certeza que o futuro do Vale do Ivaí estará ligado com a inovação”, frisa o presidente da Amuvi.

De acordo com Tiago Cunha, consultor do Sebrae, o objetivo é criar tecnologias que contribuam para o desenvolvimento econômico da região. “A ideia é que tenhamos neste espaço um processo de incubação de empresas, um coworking para o compartilhamento de recursos, trazendo também os processos de pesquisa que as universidades já desenvolvem em seus campus. O objetivo é trazer os grandes problemas das empresas para que esse time desenvolva soluções”, explica Tiago, observando que a presença destes atores no mesmo espaço acelera o processo de criação de tecnologias.

O presidente da Acia, Jayme Leonel, lembra que o ambiente para a implantação do parque tecnológico vem sendo criado desde 2016. “É a continuação deste projeto que trabalha com o conceito de cidade inteligente. Ao longo deste processo foram desenvolvidas várias ações, como a criação do Conecta, aprovação da Lei de Inovação de Apucarana, implantação do Conselho Municipal de Inovação e a realização de diversos eventos, como o Google Startup Weekend de Apucarana, o Hackathon do Vestuário durante o Apucarana Fashion Day e um grande evento na Acea, denominado Você Conectado ao Futuro”, cita Jayme Leonel.

Tiago Ribeiro, membro da governança do “Conecta”, destaca a integração entre os diversos setores, que permitiu a formação do ecossistema da inovação. “As universidades, o poder público e a comunidade já estão envolvidos. Com a estrutura que foi disponibilizada, vamos agora criar um núcleo de inovação que será o primeiro passo para a instalação do parque tecnológico”, esclarece Ribeiro.

De acordo com o professor Marcelo Ferreira da Silva, diretor-geral do campus de Apucarana da UTFPR, a destinação do espaço facilitará também a obtenção de recursos. “Existe um edital na Universidade Tecnológica Federal do Paraná que prevê a liberação de R$ 500 mil para a criação de centros de inovação e um dos requisitos que conta na pontuação é a existência de um espaço. Agora que já existe este local vamos incluir essa informação, o que aumentará a possibilidade do nosso projeto ser selecionado”, pontua o professor Marcelo.